Connect with us

Pokémon Let’s Go

Críticas

Pokémon Let’s Go

Pokémon Let’s Go: Pikachu e Eeve são os primeiros RPGs exclusivos da franquia para Nintendo Switch.

Pokémon Let’s Go está disponível em duas versões: Pikachu e Eeve e foram anunciados durante a E3 em 2017  para Nintendo Switch. Nesse mesmo evento a Nintendo anunciou simultaneamente que um segundo RPG seria lançado no segundo semestre de 2019.

O novo RPG, lançado com exclusividade para o novo console da Nintendo, foi desenvolvido pela Game Freak e distribuído pela Nintendo e The Pokémon Company, sendo eles o terceiro jogo da 7ª geração de jogos de Pokémon, com influências em Pokémon, Red, Blue e Yellow (Game Boy) e Pokémon Go (Android e iOS).

 

História

Os jogos se passam na região de Kanto e começam com o jogador sendo um novo Treinador de Pokémon. Logo no início da aventura você receberá o Partner Pokémon (parceiro Pokémon) que será de acordo com a sua versão comprada do jogo, para aqueles que compraram Pokémon Let’s Go Pikachu, terá o Pikachu como parceiro assim que iniciar à aventura. Diferente dos demais Pokémon, o parceiro ficará fora da poké ball e andará ao lado do treinador sendo no ombro, sentado na cabeça ou ao lado e não terá nenhum interesse em evoluir. A história até aí se assemelha a relação de Ash e Pikachu vista no anime da franquia. O partner pokémon poderá ser macho ou fêmea e o jogador só poderá descobrir o gênero ao longo do jogo.

 

Secret Techniques

As Secret Techniques são habilidades especiais que cada parceiro pode aprender e utilizar foras das batalhas Pokémon. Tais técnicas já são conhecidas de outros jogos anteriores como por exemplo o Chop Down, que pode eliminar árvores e em que jogos anteriores era conhecido como Cut. Também temos o Sky Dash que permite revisitar lugares de uma maneira rápida, semelhante ao Fly dos jogos anteriores.

Há também outros movimentos ditos exclusivos e que nenhum outro parceiro poderá aprender. No caso do Pikachu: Pika Papow, Water-type: Splishy Splash; já o Eeve: Veevee Volley, Water-Type: Bouncy Bubble entre outros.

 

O que achamos do jogo?

Com os 151 primeiros monstrinhos de bolsos da franquia, Let’s Go: Pikachu e Eevee, apresenta além das versões clássicas dos Pokémon, também, suas versões de Alola. Com simplicidade na maneira de jogar, para aumentar a experiência e ter um jogo com maior fluidez o único defeito do jogo, e decepção por grande partes dos jogadores, incluindo a minha, foi por conta do sistema de captura que ficou semelhante ao Pokémon Go, lançado em 2016 para Android e iOS.

Apesar de ter estranhado no início, com o passar das horas fui me acostumando ao modelo do novo jogo e perceber que tais mudanças realmente foram feitas para proporcionar uma maior experiência até mesmo no modo portátil, no qual temos os controles Joy-Con como um complemento no lançamento das poké ball.

A estrutura do jogo é semelhante aos jogos anteriores: 8 ginásios e inúmeros eventos paralelos. Tudo permanece em seus devidos lugares, porém com um visual mais bonito e com cores mais vivas. Os Pokémon selvagens dessa vez aparecem diretamente no mapa, o que para mim, particularmente, foi uma excelente melhoria, dessa forma evitamos a parte burocrática presente nos jogos anteriores no qual na maioria das vezes lutávamos com inúmeros monstrinhos selvagens para então chegar em um determinado objetivo, como por exemplo: atravessar uma caverna.

Pokémon Let’s Go Pikachu e Eevee são ótimos jogos, embora não seja o melhor de toda franquia. Temos que reconhecer o grande passo que Let’s Go foi no quesito gráficos, trilha sonora e o que isso trará para os futuros jogos. Ainda assim, o jogo exclusivo de Nintendo Switch agradará todos os fãs de Pokémon.

Continue lendo
Comentários

Mais em Críticas

  • Críticas

    O Espetacular Homem-Aranha

    Publicado por

    A animação "O Espetacular Homem-Aranha" nos apresenta à adaptação mais pé no chão do personagem.

Facebook

Categorias

Postagens Populares

Twitter

Status

Nome: Diário do Graal
Desde: agosto de 2018
Online:
Hits:

Arquivos

To Top