Connect with us

Diary #4 – Patrulha do Destino

Colunas

Diary #4 – Patrulha do Destino

Conheça um pouco mais sobre a Patrulha do Destino, no qual adaptação live-action estreia esse mês.

Introdução

A Patrulha do Destino (Doom Patrol) foi criado por Arnold Drake, Bob Haney e Bruno Premiani nos anos de 1960, na Era de Prata dos quadrinhos, mas o maior reconhecimento veio em 1989 com uma nova fase escrita por Grant Morrison. Bizarros e obscuros, os heróis não carregam nenhuma normalidade. Marcados, principalmente, por ter integrantes com características gritantes em relação aos demais super-heróis, a Patrulha do Destino é a nova aposta do serviço de streaming da DC Comics, a DC Universe, no qual investirá numa série live-action com estreia agendada para fevereiro. Antes disso, o grupo foi apresentado em Titãs, que estreou em outubro de 2018 e recentemente, 11 de janeiro, na Netflix.

Como curiosidade, a série live-action dos Titãs apresentou o personagem Garfield/Mutano como membro da Patrulha do Destino, que assim como nos quadrinhos, Garfield apareceu pela primeira vez como membro da equipe e era conhecido como o “Rapaz Fera”, apenas mais tarde passou a ser conhecido como Mutano (Beast Boy) e membro dos Novos Titãs.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Origem da Patrulha do Destino

O grupo surgiu diante à visão de um homem adulto, cadeirante e com um plano: formar um grupo que além de heróis fossem rejeitados pela sociedade. Tal homem é conhecido como Chefe, ou Niles Caulder, que usou de seus esplendidos conhecimentos na área de ciências para causar acidentes que levariam pessoas comuns ao extraordinário, para que pudesse se aproximar, oferecer tratamentos e por fim recrutá-los para o grupo. Diante disso, a Patrulha do Destino teve algumas formações.

Primeira formação:

  • Homem-Robô (Cliff Steele)
  • Mulher-Elástica (Rita Farr)
  • Homem-Negativo (Larry Trainor)
  • Rapz Fera (Garfield Logan)
  • Mento (Steve Dayton)

Segunda formação:

  • Celsius (Arani Desai)
  • Vendaval/Tempestade (Joshua Clay)
  • Mulher-Negativa (Valentina Vostok)
  • Lodestone (Rhea Jones)
  • Karma (Wayne Hawkins)
  • Blaze (Scott Fischer)

Terceira formação:

  • Crazy Jane (Kay Challis)
  • Dorothy Spinner
  • A Rua (Dany)
  • Homem-Robô (Cliff Steele)
  • Niles Caulder
  • Rebis
  • Vendaval/Tempestade (Joshua Clay)

Quarta formação:

  • Homem-Robô
  • Homem Negativo II (Ted Bruder)
  • Kid Slick (Vig Darge)
  • Fever (Shyleen Lao)
  • Freak (Ava)

Quinta formação:

  • Chefe
  • Mulher Elástica
  • Homem-Robô
  • Homem Negativo
  • Grunt
  • Mi-Sun-Kwan (Nudge)
  • Vortex
  • Faith

 

Representatividade 

Por ser considerada bizarra, Patrulha do Destino era a oportunidade perfeita para apresentarem algo novo, e logo de início, os quadrinhos apresentaram à Coagula (Kate Godwin), a primeira heroína transgênero da história.

Vilões

Seguindo a mesma linha dos heróis, os vilões também tem traços bem peculiares e bizarros. Temos irmandades, começando pela Irmandade Negra que é comandada pelo Cérebro e tem outros membros como Monsieur Mallah, Madame Rougue e Pórtex; e a Irmandade do Dadá, grupo formado pelo Sr. Ninguém (Eric Morden), um mestre criminoso que teve sua mente deturbada de maneira que enlouqueceu Morden e converteu seu corpo em uma massa virtual viva, com poderes capaz de drenar toda sanidade de um determinado ambiente e suas possíveis vítimas, além de, objetos considerados perdidos e que não pertencem a ninguém, tendem a encontrar um caminho direto para o Sr. Ninguém; ele também será o vilão da primeira temporada da série live-action da Patrulha do Destino.

 

Polêmicas com os X-Men

Há uma polêmica envolvendo os dois grupos: ambos lidam com heróis que adquiriram seus poderes de maneira não muito agradável, são párias na sociedade e são liderados por um homem cadeirante e extremamente inteligente. A diferença é que, Patrulha do Destino teve sua estreia alguns meses antes, embora no mesmo ano (1963).

Mas nem tudo foi visto como polêmica, em 1996 foi lançado uma HQ em 6 edições, entre uma parceria da DC Comics e Marvel, intitulada de X-Patrol, durante o período da Amalgam Comics, no qual criou o Universo Amálgama, que escalavam personagens de ambas as editoras em HQs próprias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Live-Action

A série live-action da equipe contará com Abril Bowlby como a Mulher Elástica, Diane Guerrero como Crazy Jane, Brendan Fraser será o Homem-Robô, Jovian Wade será o Ciborgue, Timothy Dalton será O Chefe e Matt Bomer será o Homem Negativo.

Sinopse:

“Homem-Robô, Homem Negativo, Garota Elástica e Crazy Jane, liderados pelo louco cientista Dr. Niles Caulder (O Chefe). Os membros da Patrulha do Destino sofreram graves acidentes que lhes proporcionaram habilidades sobrehumanas – mas também os deixaram assustados e desfigurados. Traumatizados e oprimidos, o grupo encontra propósito por meio d’O Chefe, que os une para investigar o fenômeno mais estranho que existe – e para proteger a Terra do que eles encontraram. Parte grupo de apoio, parte equipe de super heróis, a Patrulha do Destino é um time de estranhos super poderosos que lutam por um mundo que não quer ter nada a ver com eles. Seguindo os eventos de Titans, a Patrulha do Destino vai encontrar esses relutantes heróis em um local onde eles nunca esperaram estar, convidados para entrar em ação por ninguém menos que Ciborgue, que vai até eles com uma missão difícil de recusar, mas como um alerta difícil de ignorar: suas vidas nunca, nunca mais serão as mesmas.”

Produzida por Greg Berlant, conhecido por trabalhos como Arrow, The Flash, Riverdale e Titãs, o live-action chegará ao serviço de streaming da DC Universe em 15 de fevereiro e contará com 13 episódios.

 

Guia de leitura

As publicações dos quadrinhos da Patrulha do Destino foram divididas, no que foram chamadas nos Estados Unidos, em volumes.

Volume 1: 39 edições (1964-1973)
Volume 2*: 89 edições (1987-1994)
Volume 3: 22 edições (2001-2003)
Volume 4: 18 edições (2004-2006)
Volume 5: 22 edições (2009-2011)
Volume 6: 12 edições (2016-2018)

 

*Recomendação:  Arco: Rastejando dos Escombros (Vol. #19 – #22)

 

O live-action da Patrulha do Destino estreie em 15 de fevereiro, nos Estados Unidos, no serviço de streaming DC Universe.

Continue lendo
Comentários

Mais em Colunas

Facebook

Categorias

Postagens Populares

Twitter

Status

Nome: Diário do Graal
Desde: agosto de 2018
Online:
Hits:

Arquivos

To Top